Utilização das redes sociais nos países em vias de desenvolvimento

De acordo com um relatório do Pew Research Center’s Global Attitudes Project divulgado em Dezembro de 2012, apesar do acesso à internet nos países em vias de desenvolvimento ser limitado, quando existe muitas vezes é usado para aceder a redes sociais, sendo o México, Tunísia, Brasil, Jordânia, Egito, Turquia, Russia e Índia os países onde esta utilização é mais intensa (acesso à internet vs acesso às redes sociais).

 

De acordo com o mesmo estudo, opiniões politicas e religiosas são particularmente comuns nos países árabes, sendo que no Egito e Tunisia 6 em cada 10 utilizadores de redes sociais partilham os seus pontos de vista relacionados com estas temáticas através das redes sociais. Este número é bastante superior ao da média dos 21 países que integram o estudo (34%).

 

Os assuntos relacionados com as comunidades também são partilhados nas redes sociais com maior frequência (70%) em países como o Egito, Tunisia, Líbano e Jordânia do que na média dos restantes países (46%).

Em oposição, o interesse na utilização das redes sociais em países mais desenvolvidos é significativamente menor, sendo o Japão e a Alemanha os únicos 2 países onde menos de metade dos utilizadores de internet faz uso das redes sociais. Nestes 2 países, mesmo os utilizadores que acedem às redes sociais partilham com menor frequência as suas opiniões sobre cultura, desporto, política e religião, quando comparados com os restantes países presentes no estudo.

 

 

Fonte: http://www.pewglobal.org/2012/12/12/social-networking-popular-across-globe/

 

Tem mais dúvidas? Submeter um pedido

0 Comentários

Por favor, entrar para comentar.